conto erótico tagged posts

Tesão à flor da pele

Facebooktwittergoogle_plusreddittumblrmailFacebooktwittergoogle_plusreddittumblrmailby feather

Mal entraram no quarto e ele já a prensou na parede. Colou seu corpo no dela e a beijou, pressionando seu pau, já duro, contra ela, fazendo-a gemer de tesão. Ela estava de saia, e as mãos dele rapidamente a levantaram. Suspirou quando percebeu que ela estava sem calcinha, e quando colocou um dedo em sua buceta,

Leia Mais

Vontades

Facebooktwittergoogle_plusreddittumblrmailFacebooktwittergoogle_plusreddittumblrmailby feather

Ser encoxada. Provocada. Atentada. Até pedir pra você me comer.

Me amarre, faça o que quiser, mas quero dar. Me coma bem gostoso, com força. Preciso sentir seu pau dentro de mim. Hoje dispenso em partes as preliminares, não quero ser chupada… ainda. Me provoque, me encoxe, me aperte, me morda, puxe meus cabelos, morda minha nuca. Use suas mãos, seus dedos em mim, enquanto chupa meus seios.

Leia Mais

Links da Semana – Venenosos #003

Facebooktwittergoogle_plusreddittumblrmailFacebooktwittergoogle_plusreddittumblrmailby feather

linksvenenosos003

Semana mais curta do ano acabando, vamos ver o que rolou de melhor e prestigiar essas delícias que trabalharam no Carnaval para entretê-los e mantê-los informados.

Sigam/curtam – @mondouxpoison – Meu Doce Veneno

Leia Mais

Contos do Leitor: #02 Festinha de final de ano

Facebooktwittergoogle_plusreddittumblrmailFacebooktwittergoogle_plusreddittumblrmailby feather

Esquentando a terça-feira com um conto enviado por um amigo. Espero que gostem e que colaborem também, podem enviar seus contos por email (contato@meudoceveneno.com.br), que se eu gostar da leitura e ele for bem escrito, será publicado aqui.

“Sempre quis comê-la. Sim, comê-la, nada de fazer amor, nheco-nheco, dar umazinha… queria fudê-la. Mas ela era casada, e pouco tempo depois ele se casou. Eram colegas de repartição, mas falavam-se pouco no trabalho. Sempre notou que ela o olhava com um olhar de… curiosidade. Não era ‘desejo’ ou ‘vontade’, parecia uma curiosidade mesmo. Mas curiosidade de quê, ele se perguntava? Isso o perturbava.

Leia Mais

Contos do Leitor: #01 Rapidinha no trabalho

Facebooktwittergoogle_plusreddittumblrmailFacebooktwittergoogle_plusreddittumblrmailby feather

Iniciando uma nova sessão hoje, “Contos do Leitor”… Espero que gostem e que colaborem também, podem enviar seus contos pro email do blog, que se eu gostar da leitura e ele for bem escrito, será publicado aqui.

 

Ele ligou para o ramal dela, cheio de tesão e sussurrou no telefone: “Desce pro 14 agora, pode?”
“Me dá 5 minutinhos que eu vou.”, ela respondeu, de pronto.

Leia Mais

Pegando o vizinho

Facebooktwittergoogle_plusreddittumblrmailFacebooktwittergoogle_plusreddittumblrmailby feather

Eu havia acabado de me mudar. Apartamento novo, vida nova, mas ainda estava uma bagunça e a geladeira vazia. Na falta de opção pensei em fazer um bolo. Separei os ingredientes necessários até que percebi que falt aria leite e açúcar. Pensei em pedir para algum vizinho, mas eu não conhecia ninguém ainda. De repente me veio na cabeça aquele vizinho simpático com quem eu encontrava todo dia no elevador e morava no apartamento da frente.

Além de simpático, muito lindo, com uma boca maravilhosa e uma cara de safado que era encantadora. Vesti uma roupa apresentável e um decote que valorizava minhas curvas. Não custava nada tentar chamar a atenção.

Leia Mais

O Começo

Facebooktwittergoogle_plusreddittumblrmailFacebooktwittergoogle_plusreddittumblrmailby feather

Me ajoelhei a sua frente, submissa, só conseguia pensar no quanto eu gostaria de te dar prazer e te satisfazer completamente. Aproximei meus lábios da sua pele, beijei sua virilha e você podia sentir o calor do meu hálito no seu pau, ainda coberto com sua cueca. Me segurou pelos cabelos, mostrando que naquele momento eu era sua e era você querm mandava. Me segurava com força e eu tentava passar a língua em seu pau, mesmo por cima do tecido.

Leia Mais

Hora Extra

Facebooktwittergoogle_plusreddittumblrmailFacebooktwittergoogle_plusreddittumblrmailby feather

Me aproximei sem fazer barulho, queria fazer surpresa. Você estava distraído trabalhando, de costas para a porta. Cobri seus olhos com milhas mãos, me aproximei de seu ouvido, e sussurrando pedi que adivinhasse quem era.

Fui puxada pelas mãos assim que você se virou, ainda sentado na cadeira, e você me beijou. Beijo quente, carregado de desejo e volúpia, refletindo o efeito das nossas conversas durante o dia todo.

Leia Mais

Sonho

Facebooktwittergoogle_plusreddittumblrmailFacebooktwittergoogle_plusreddittumblrmailby feather

Chegamos no quarto e eu logo te mando tomar um banho rápido, enquanto te espero. Prontamente você me obedece e em menos de 10 minutos está de volta, sai do banheiro com a toalha em volta da cintura. Chego perto, passo a mão no seu peito e sua barriga, e te beijo. Beijo lento e demorado. Me aproximo do seu ouvido e falo para você me esperar sentado na cama, vendo as pornografias que você gosta de ver, e que continue somente de toalha. Começo a sentir seu pau ficando duro e me afasto para o meu banho. Ao contrário de você, demorei um pouco mais, te fazendo me esperar, te deixando com mais tesão ainda vendo pornografias e imaginando o que eu faria com você.

Leia Mais

No banho

Facebooktwittergoogle_plusreddittumblrmailFacebooktwittergoogle_plusreddittumblrmailby feather

Eu estava tomando banho quando ele chegou ao hotel, sem fazer batulho algum. Da mesma forma, entrou no banheiro. Eu de costas para a porta e com o vidro do box embaçado, devido ao calor da água. Ele se despiu e lentamente abriu a porta de vidro. Senti a brisa fria entrar e olhei para trás. Foi inevitável sorrir ao vê-lo ali, me olhando com cara de safado e já ereto me esperando.

Leia Mais