Sexo é obrigação? Desde quando? Obrigação de quem?

Imaginem, você conhecem uma pessoa, vocês ficam, transam, namoram, ficam noivos, e de repente sua noiva(o) aparece com um contrato pré-nupcial que os obriguem a fazer sexo, pelo menos, três vezes por semana. COMO ASSIM!? Pois é, isso existe, e quem fez isso com o noivo foi a lindíssima modelo Joanna Krupa (como se ela precisasse, não é?)

OK, que sexo é bom, gostoso, desestressa, é muito amor, todo mundo sabe, mas e quando vira obrigação?

Pensem na situação: você tendo uma semana extremamente estressante, com muito trabalho, muita cobrança, irritação, cansativa. Chega em casa com a cabeça cheia, só querendo cama, descanso e uma boa noite de sono, daí lembra que TEM que fazer sexo, porque existe um contrato que o obriga a isso. E você totalmente sem cabeça para pensar em sexo. Quais as chances de rolar um sexo gostoso, daqueles que te levam às nuvens, que te fazem esquecer do mundo e relaxar, e gozar loucamente? Acho que muito pequenas, não é?

Sexo tem que ser gostoso, divertido, espontâneo, e não algo que role no piloto automático. Tesão não é algo que possa ser forçado ou imposto. Sexo desta forma só vai colaborar para tornar as pessoas mais frustradas e mal humoradas. Sexo ruim não satisfaz. Gozar por gozar só alivia, e às vezes, nem isso, pois não significa necessariamente sentir prazer. E ninguém merece mulher mal comida e homem de mau humor.

Então minhas delícias, por obrigação, nem um boquetinho. Quero todo mundo feliz e só tendo sexo gostoso na vida.

 

Joanna Krupa - contrato pré-nupcial exigindo que ela e o marido façam sexo pelo menos 3 vezes por semana.

Joanna Krupa – fez um contrato pré-nupcial exigindo que ela e o marido façam sexo pelo menos 3 vezes por semana.

 

Share:
Written by Doce Veneno
O "Meu Doce Veneno" é um blog voltado para o mundo da sexualidade, com temas variados, desde contos eróticos, até posts sobre saúde. Com uma linguagem que fala diretamente com o leitor para aproximá-lo do/a autor/a, como uma conversa com um amigo íntimo. Vem pra mostrar que sexo não é mais tabu e que deve ser abordado de forma natural, pois todo mundo gosta, e todo mundo faz, e principalmente, todo mundo gosta de falar sobre isso. Compartilhar experiências, informações, ensinar e aprender.