devoro-te

Olá, delícias. Texto de hoje é de um convidado especialíssimo, O Lobo, um amigo meu. Eu adorei o texto, e espero que vocês gostem também, e comentem (mesmo se não gostarem, comentem também), quem sabe assim ele não se anima e não vira colunista por aqui. E já adianto, o conto de amanhã tem as mãos dele também!

mulher - devoro-te

Mulher: Devoro-te

Texto por: O Lobo

Há quem diga que mulher é um delicado prato para ser saboreado aos poucos. Prato que deve ser cozido com calma e paciência. Ledo engano. Mulher é um banquete que deve ser degustado com as mãos, boca e língua, sem qualquer moderação.

Não se deve ser contido ao devorar uma mulher. Ao contrário, deve se deixar claro seu apetite. Sua fome. Sua voracidade. A mulher deve ser capaz de se sentir o único alimento no mundo capaz de te nutrir. Ainda que esse prato deva ser repetido diversas vezes ao dia e, mesmo que essa sensação de saciedade seja aparente e efêmera. Só se tem graça se se lambuza ao provar uma mulher. Se ao colocá-la na boca, sentimos nossos lábios se encharcarem com seu sabor. Se você nunca se lambuzou de uma mulher, então meu amigo, você nunca comeu uma mulher.

Ingênuos aqueles que pensam que seu cozimento é vagaroso… Pura aparência, quiçá até propaganda enganosa para iludir os cozinheiros menos experientes. Mulher cozinha rápido, e na pressão. Quanto mais pressão, maior a temperatura e o seu resultado final. E lhe garanto, não existe mulher bem passada demais, quanto maior o ponto, melhor.

Deve ser experimentada em todos os lugares e posições. De todas as formas possíveis e daquelas que sua criatividade conseguir imaginar. Acompanhamento perfeito para todas as horas. Pode ser até lanchada naqueles momentos onde o tempo é curto. Sua forma de preparo não tem fim e, quando você pensa que já fez todas as combinações possíveis, ela sempre te surpreende com um tempero novo.
É meu amigo, mulher…

Sugiro apenas uma leve pausa antes de iniciar a refeição. Tire uns segundos para admirar esse prato diante de você. Repare aos detalhes, preste atenção nas sutilezas, faça questão de identificar todos os componentes desse banquete que está diante de você. No mais, desejo um bom apetite.

Share:
Written by Doce Veneno
O "Meu Doce Veneno" é um blog voltado para o mundo da sexualidade, com temas variados, desde contos eróticos, até posts sobre saúde. Com uma linguagem que fala diretamente com o leitor para aproximá-lo do/a autor/a, como uma conversa com um amigo íntimo. Vem pra mostrar que sexo não é mais tabu e que deve ser abordado de forma natural, pois todo mundo gosta, e todo mundo faz, e principalmente, todo mundo gosta de falar sobre isso. Compartilhar experiências, informações, ensinar e aprender.