Olá delícias! Hoje é domingo, dia de mais um EU QUERO! aqui no blog, e o sonho de consumo de hoje é o corset. Uma peça linda, que hoje pode ser usada como underwear ou como acessório para incrementar o visual, deixa qualquer uma com uma cinturinha de dar inveja, além de ser muito sexy, pois valoriza, e muito, os decotes.

corsetDizem que os corsets surgiram por volta do século XVI,  com o objetivo de dar sustentação aos seios e manter a postura reta e esguia, além de controlar os movimentos e deixá-los mais femininos. Nessa época essa a única função deles, foi no século XIX, na Era Vitoriana, que o foco mudou para as cinturas, graças à invenção dos ilhoses, que permitiu um ajuste melhor das amarrações, sem rasgar os danificar os tecidos. Além de passarem a ter a possibilidade de abrir e fechar pela frente, evitando assim todo aquele trabalho para amarrá-lo. Por causa disso, a era vitoriana ficou conhecida como “A Era das Cinturas Minúsculas”.

Nos anos 20, os corsets restringiram-se aos fetiches e fantasias, devido à popularização dos sutiãs, e do aparecimento da silhueta reta. E assim se mantiveram  por todo o século XX.

Os corsets mais conhecidos aqui no Brasil são os da Madame Sher, que são lindos e perfeitos, mas não são mto acessíveis (um dos corsets dela que eu gostei custa SÓ R$1770,00).

É uma peça que pode ser usada por qualquer mulher, baixinhas, altas, gordinhas, magrinhas… Valoriza todas!

To apaixonada por uns que encontrei, e que tem o preço bem acessível, só preciso confirmar as minhas medidas, pra saber se o tamanho e 3X ou 4X… mas to aceitando de presente rs…

Strap Total PretoPretinho BásicoDuquesa Preto

1. Strap Preto Total
2. Pretinho Básico 
3.  Duquesa Preto

EU QUERO!

Share:
Written by Doce Veneno
O "Meu Doce Veneno" é um blog voltado para o mundo da sexualidade, com temas variados, desde contos eróticos, até posts sobre saúde. Com uma linguagem que fala diretamente com o leitor para aproximá-lo do/a autor/a, como uma conversa com um amigo íntimo. Vem pra mostrar que sexo não é mais tabu e que deve ser abordado de forma natural, pois todo mundo gosta, e todo mundo faz, e principalmente, todo mundo gosta de falar sobre isso. Compartilhar experiências, informações, ensinar e aprender.